22 de jan de 2012

Mínimas (2)

Barry

Agir com livre-arbítrio não significa levar a vida com rédeas curtas, ansiando pelo controle absoluto das situações, mas sim, soltar e acreditar na mão cósmica do Divino. Ufa! Isso pede desapego, coragem e confiança. É tarefa das boas. Mas também, se fizer direitinho a gente tem uma recompensa à altura: liberdade, harmonia e paz interna.

15 de jan de 2012

Mínimas (1)


Mason
A consciência é a minha contribuição para uma realidade mais harmônica, dizia ela   cheia de si, esbanjando sabedoria. Logo depois, na esquina, colocou a cabeça pra fora da janela do carro e esparramou toda a sua raiva sobre a motorista do veículo à sua frente, que não conseguia fazer uma manobra rápida pra estacionar roubando cinco minutos do seu  precioso tempo de consciência. 

5 de jan de 2012

Renascer


Meu gato me acordou cedo, 4h30. Disse, hora de renascer, abra os olhos, o mundo aqui de fora lhe espera. Miau miau miau. Despertei e me abracei. Tão cedo. Por que alguém resolve nascer a essa hora? 
Tão mais fácil às 9, 15, 18. Quatro e meia, veja só! Está bem, vamos ativar esse centro de energia interior, despertar meu sol e receber esses impulsos benéficos, afinal não é todo dia que se aniversaria. 
Para mim o ano começa hoje, não tem folhinha que me convença do dia 1º de janeiro. Para a astrologia começa em março, no dia 21. Para os chineses, no início da primavera, janeiro ou fevereiro, mas não tem dia certo. Muito mais coerente, recomeçar com a natureza. Também penso assim.
O curioso foi esse miado insistente do Mel, logo tão cedo. Durante anos, considerei que nasci às 4h30. Hora de certidão de nascimento. Acostumada com o mapa astral, Capricórnio ascendente Sagitário. Anos mais tarde, minha irmã, dez anos mais velha que eu, chegou e desfez minha crença ao dizer, imagina, que você nasceu de madrugada. Era quatro e meia da tarde. Eu lembro muito bem. Estava um calor infernal. Eu estava na casa da Maria Enir e vieram avisar que minha irmãzinha havia nascido. Corremos pra lá. E encontramos uma menina linda, cabeluda, que só vendo. Tão pequena e aquele cabelo todo cacheado....
????? Então tá, pensei. Lá vou eu refazer o meu mapa. Agora sou uma capricorniana com ascendente em gêmeos. Não é que tem a ver? Mas que drama. Vou ter que me acostumar com  outra personalidade. Deu tanto trabalho pra edificar essa. Ufa!
Que será que o Mel quis me dizer hoje? Bom, uma coisa eu sei, foi no dia 5 de janeiro e pronto. Rejubilo-me com meu renascimento, grata por estar de bem com a vida, grata por estar viva e estar bem.

Arquivo do blog