4 de mai de 2013

Os contos de Cleo Busatto abrem a programação do teatro infantil


   Na manhã de hoje, o Espaço Infantil na Feira Pan-Amazônica do Livro recebeu a escritora e contadora de histórias infantis, Cleo Busatto, que divertiu o publico durante sua apresentação. Cleo iniciou sua carreira como atriz e, a partir dos anos 90, resolveu dedicar-se à contação de histórias e à criação de livros infantis.
   Dezenas de crianças compareceram à sala de teatro e puderam ouvir e interagir com a escritora na contação de histórias. Contos como “Floriça e a gata” e “Pedro e o Cruzeiro do Sul” divertiram a garotada, que teve a oportunidade de também contar suas próprias histórias.
   Cléo possui 21 obras entre livros e CDs. Seu primeiro trabalho em livro foi “Dorminhoco”, que teve sua segunda edição divulgada em 2002. Além dos livros, Cléo também produziu quatro CDs. O primeiro aborda “Contos e encantos dos quatro quantos do mundo”, mesmo titulo do livro no qual ela seleciona e apresenta historinhas de todo o mundo. 
   O segundo CD explora o imaginário regional, mostrando as lendas brasileiras. Já o terceiro CD é mais direcionado às lendas indígenas do Sul do Brasil. O quarto traz um trabalho mais direcionado às histórias de assombrações, que costumam despertar o suspense nas crianças.

Cléo Busatto fascina o público contando histórias na Feira do Livro

   A escritora Cléo Busatto prendeu a atenção do púbico que lotou a
           Sala Belém, em mais uma tração oferecida pela
Feira Pan-Amazônica do Livro


    O público infantil é o principal alvo do trabalho
desenvolvido pela escritora Cléo Busatto
     Uma das obras dos irmãos Grimm, o conto “Sete Corvos”,
foi a escolhida por Cléo Busatto para “Contar e Encantar" o público,
revelando os "pequenos segredos da narrativa”


   O conto “Sete Corvos”, dos Irmãos Grimm, foi escolhido para iniciar a palestra da escritora Cléo Busatto, na XVII Feira Pan-Amazônica do Livro, na terça-feira (30), sobre o tema “Cantar e Encantar – pequenos segredos da narrativa”. O público que esteve na Sala Belém, no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, assistiu a uma aula de contação de histórias, com uma das escritoras brasileiras mais especializadas no assunto.
   A arte de contar histórias e a literatura na sociedade contemporânea foram abordados pela escritora, que tem uma relação muito próxima com o público infantil. Ao longo de sua carreira, ela desenvolveu técnicas de narrativa que fascinam crianças, professores, bibliotecários e artistas.
   “Desde 2008 eu conheço a obra da Cléo. O jeito com que ela constroi e narra seus textos me fascina. Aprendi que ensinar algo pedagogicamente não tira a magia de uma boa história. Meus alunos serão beneficiados com esse aprendizado”, avaliou a professora Ana Selma Cunha.
   As histórias narradas por Cléo Busatto já foram ouvidas por mais de 65 mil pessoas, no Brasil e em outros países. A escritora também é Mestre em Teoria Literária, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Segundo ela, a participação inédita na Feira do Livro foi muito proveitosa. “O encontro foi muito bom. É a primeira vez que venho a esse evento e estou encantada. O público de Belém é muito participativo e bastante diversificado, o que revela o poder que a contação de histórias possui”, disse Cléo Busatto.
   Durante a XVII Feira Pan-Amazônica do Livro, a escritora ainda apresentou seus contos no espetáculo “Histórias de Cléo", com sessão lotada, e autografou suas obras no Ponto do Autor.

Arquivo do blog