7 de dez de 2010

A cara de Salvador é Ian.

Carequinha, bochechas generosas, sorriso fácil. Esse é Ian. Essa foi a cara de Salvador, dessa vez. Ele é a imagem que criei da formação do Proinfantil, Salvador, 2010. Ian é um bebê de seis meses, daqueles que logo se vai adjetivando como uma criança fácil. Dado e manso. Participativo e perceptivo. Amor à primeira vista, desde que o vi dormindo com a bunda voltada para o céu. Dali em diante foram apenas algumas horas juntos, mas com gosto de eternidade, partilhada com afeto e leveza. Ian pede cantando. Adorável.

Eu sei que nem todas as crianças são assim. Conheci bebês que choravam o tempo todo. No prédio onde moro, vive uma menina de três anos, que chora todas as noites, histericamente, das 21h às 23h. E sua mãe grita. E ela chora.

No encontro se discutiu a autonomia, desejos e descobertas das crianças. Eu propus a reflexão sobre as histórias na formação dos pequenos. Que histórias contar? Qual o sentido de contar histórias para crianças?

Depois dessa imersão é compreensível que meu foco recaia sobre os pequenos... e seus pais. Acredito que ao olhar os pais se entende os filhos. Nascemos molinhos e receptivos e vamos sendo moldados pelo outro, pelo meio. E o outro pode nos ver como sujeito ou como objeto. Esse olhar contribui para definir uma vida, mais, ou menos harmônica; mais, ou menos feliz. Não seria o caso de rever alguns tópicos do currículo do curso de Educação?

Sou grata pela acolhida da equipe FACED/UFBA. Pelo aconchego da Licinha; a alegria da Mary; o cuidado da Monica; a companhia da Karina e do Ian; a atenção carinhosa do Cleverson e à amorosidade de todos os participantes.

A delicadeza e o riso deixam uma marca indelével na alma das pessoas.



3 comentários:

  1. Realmente, só Karina conseguiria definir melhor esse espetáculo que é conviver com esse fofo!Adorei a postagem!
    Mas passando a outro escritor que dizia "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" Ian é único e por isso é como sol para nós....
    Beijinhos!!!

    WANY

    ResponderExcluir
  2. beijos Wany, a companhia de vcs fez a diferença nessa passagem pela cidade, beijos

    ResponderExcluir
  3. Amada Gui, vc é um presente de Deus, enviado para crianças, adultos, todos os públicos. Gostaria de estar sempre te ouvindo, pertinho de ti. Bjos de paz, vida longa, saúde, mais e mais conhecimento e sabedoria para vc! Que 2011, seja mais um tempo de proteção e prosperidades na tua estadia neste maravilhoso Planeta.
    Te amo!

    ResponderExcluir

Arquivo do blog