15 de jan de 2011

Construindo minha sorte

Sempre considerei que o novo ano começa, quando a gente aniversaria. Tempo dos fins e dos começos. E isso aconteceu dia 05. Na passagem de 4 para 5, instante de reflexão. Limpei a casa de fora. Limpei a casa de dentro e me preparei para a virada de ciclo. Revi o que aprendi e o que insisti em não enxergar. Um aprendizado de grande valia é saber agradecer. E sou grata ao ano passado, porque ele me proporcionou bons presentes. Lancei livros, CDs, conheci gente linda nos quatro cantos do Brasil e me envolvi no sorriso das crianças. Contei história pra mais de mil. Mergulhei e me embalei na literatura. Recebi os melhores desejos e ouvi declarações infantis, que disseram mais que muita fala de gente grande cheia de saber.

Amei e fui amada. Bebi vinho com amigos e celebrei os 365 dias de surpresas e bem-aventurança. Olhei pra minha alma com mais atenção e carinho. Exerci a delicadeza e a flexibilidade. Revirei e limpei o porão. Curei dores antigas com afeto e chá quente. Soube aceitar a mão estendida, quando titubeei perante a vida. Andei no sol e mergulhei no mar. Senti o frio roçar meu rosto no alto das montanhas. Dancei pras deusas em noite de lua. Meditei. Orei. E ri e ri e ri. Também chorei e soube me acalentar pra acalmar. Olhei pra armadilhas que nos mantêm no estado de desânimo e desalento e disse pra elas que tinha coisa melhor a fazer. Fui corajosa. Olhei de frente pra sombra e tirei de lá coisas lindas, que estavam escondidas, perdidas. Ritualizei e sacralizei meu Eu. Me encontrei e gostei do que vi. Me amei e confirmei que a pessoa mais importante pra mim sou eu mesma e que só dessa forma posso amar o outro, estar com ele e lhe fazer bem.

E nesse 2011, eu prometo lhe oferecer as melhores histórias que eu conceber.

13 comentários:

  1. Texto maravilhoso. Boa sorte, feliz ano 2011!
    Lech Brywczyński

    ResponderExcluir
  2. é isso que eu faria, sentiria e transmitiria, fosse eu o que sou. e eu sou o que sou, do jeito que estou e com a energia do momento...
    aquele seu momento foi muito interessante: um rito de passagem, de paz, amor e sabedoria.
    gostei!
    bjs cléo!
    saulo

    ResponderExcluir
  3. Adorei lindo texto... muita sensibilidade e saber.
    Sandra

    ResponderExcluir
  4. adorei o texto e por isso digo que sou o q sou e nao deixe de ser por nada e por ninguem e procuro sempre mostrar a realidade da minha vida do meu eu parabens voce e maravilhosa
    bjosss

    ResponderExcluir
  5. Compartilhei esta maravilha e postei um comentário em meu perfil.
    Bjos
    Sara

    ResponderExcluir
  6. Olá Cléo!
    Parabéns pelo renascimento! É neste momento mesmo que precebemos o quão a vida é maravilhosa para aqueles que sabem valoriza-la!!!

    ResponderExcluir
  7. Lindo texto, parabéns pelos 365 dias vividos sabiamente! Nunca fui de comemorar meu aniversário, mas agora vou repensar!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia,valorosas palavras,com tantas tragédias acontecendo acredito que veio em boa hora,bjo bjo.celio filho.

    ResponderExcluir
  9. VOCE EXISTE ???
    ENTÂO OBRIGADO POR EXISTIR !


    CLAUDIO GONÇALVES
    FACEBOOK

    ResponderExcluir
  10. Caríssima Cléo,

    Dentro de nós há espaços suficientes para grandes descobertas, e o seu presente de aniversário também é nosso. A beleza que você hoje revela alcança o meu olhar e peço a Deus que te mantenha assim, feliz e linda.

    ResponderExcluir
  11. Não se sinta,sozinha pois com esses pensamentos você pode ser quem quiser.Cada um de nós somos um país com costumes,crenças,etc...SUCESSO!

    ResponderExcluir
  12. gostei muito , belas palavras!!! é o que estou fazendo comigo esse ano! feliz 2011!

    ResponderExcluir

Arquivo do blog