10 de nov de 2012

58ª Feira do Livro de Porto Alegre



SEXTA, 09 DE NOVEMBRO

A RARA CLEO BUSATO

Descontraída e confiante é como a paranaense Cleo Busato, especialista em literatura oral e infanto-juvenil, se define. E é aí que está o segredo de seu sucesso. Com 20 obras publicadas, a autora tenta ensinar que o mais importante é ter a dimensão da particularidade de cada um. Foi isso que ela fez hoje durante a participação na Feira do Livro, quando conversou com várias contadoras de história, apresentou o seu trabalho e revelou alguns truques para o encantamento do público infantil.
Mas não são apenas as crianças que ficam fascinadas com a forma com que Cleo executa a atividade. No olhar das aprendizes, presentes no encontro, dava para perceber o poder de sedução contido na jeito como a escritora conta as histórias – caracterizada por uma voz firme, empolgada e que reproduz sons a todo momento, colocando o público dentro da narrativa.
E para seguir os seus passos é preciso não se descuidar da maneira como ocorre a narração e a criação de um cenário. Segundo ela, estes elementos são extremamente necessários. “Se a história não vier permeada por essa alma do mundo, não vai encantar, por mais habilidoso que seja o contador”, ressaltou.
A escritora, que busca tornar o livro presente no imaginário e uma constante na vida das pessoas, diz que a contação de histórias é um eficiente instrumento para se alcançar este objetivo. “É uma forma riquíssima, que serve de link para formar leitores”, acrescentou.
Estimulada por este desafio, Cleo segue se superando, conquistando cada vez mais fãs e deixando um legado literário e reflexivo, que ecoa pelo mundo e ajuda na construção de uma sociedade melhor.

3 comentários:

  1. Essa foto é de Ponta Grossa ou Porto Alegre? Bju

    ResponderExcluir
  2. Cléo, você é perfeita! parabéns, vi seu site e fiquei encantada. Sua voz, suas idéias, suas palavras, sua sensibilidade... Muito obrigada, foi um grande presente te conhecer. Um grande beiju. Você é muito especial.

    ResponderExcluir
  3. retribuindo o beiju Elisa, grata pelo bom retorno.

    ResponderExcluir

Arquivo do blog