22 de fev de 2010

Segunda é dia do segundo manifesto...





O contador de histórias empresta seu corpo, sua voz e seus afetos ao texto que ele narra, e o texto deixa de ser signo para se tornar significado.

Busatto, Cléo. Contar e encantar - pequenos segredos da narrativa. Vozes, 2008

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog