24 de abr de 2012

O fogo dos Kaingang, no evento da AEILIJ


2 comentários:

  1. A chuva batizou a noite de abertura da Jornada de Literatura e Arte da AEILIJ.

    Cléo começou a hora do conto de maneira muito especial, ao som do diapasão para abrir caminho para a literatura.
    E sua voz deu vida à história que começou dentro do livro de sua autoria, que conta as aventuras de Paiquerê. E sua expressão corporal nos trouxe a Garça Branca, que pudemos acompanhar em seu vôo gracioso e leve por cima de nossas cabeças, na roda de histórias que se formou.
    Ficamos mudos de encantamento, crianças e adultos, acompanhando cada passo da aventura que incendiou a floresta e o evento.

    ResponderExcluir

Arquivo do blog