28 de dez. de 2020

Retrospectiva 2020


Este foi um ano que gostaríamos de riscar das nossas vidas. Está no finalzinho...ufa! e ainda dá tempo para fazer a retrospectiva, mas só das coisas boas. Tivemos que aprender novas formas de se colocar no mundo e de estar com as pessoas.

Foi um ano de muito trabalho. Eu e a equipe da CLB investimos em produções que pudessem ajudar as pessoas que precisaram ficar em casa, principalmente as crianças. Foram produzidos em torno de 50 vídeos. Retomei as narrações de histórias no meio digital, agora de uma forma quase artesanal: sem estúdio, sem grande equipe, sem equipamento sofisticado. Feito em casa, assim poderia se chamar essas produções de 2020. Foram produzidas com carinho e tiveram uma boa recepção do público. Um olhar para o mês a mês de 2020:

Janeiro e fevereiro

Foram meses de início da produção de dois projetos literários que contemplam a produção de livro e ações de mediação de leitura: Os Minúsculos, concluído nesse ano e Quatro histórias de amor para pequenos leitores. Deste segundo resolvi produzir apenas o livro e transferi as ações presenciais para 2021, já que elas atenderão às crianças da rede pública de ensino de Curitiba.

Março

Início do isolamento em Curitiba. Foi cada um para a sua casa e começamos a trabalhar virtualmente. Tudo começou com o chamado da Vânia, amiga brasileira que mora em Verona e coordena uma ação de português como língua de herança: Bambalalão. Ela sugeriu que eu gravasse uma história para Francesca, sua filha. Isto a ajudaria a suportar a quarentena que na Itália foi bem rígida. Gravei 5 vídeos que vocês podem assistir no meu canal https://www.youtube.com/user/clbprodu

Escolhi contos do livro Histórias que eu gosto de contar: Flor da Lua. A vida escondida no ovo. As oito fadas. Kintu e Nambi e um conto de minha autoria, Pinguim Tombim.

Abril

Continuei gravando as histórias e neste mês trouxe contos do livro Mitologia dos 4 Elementos: UirapuruPaiquerê, o paraíso dos Kaingang: A conquista do fogo. Um trecho do livro Pedro e o Cruzeiro do Sul e um conto da tradição budista: Buda papagaio.

Maio

Produzimos 3 vídeos de histórias:  Paulino, o destemido. O tempo das coisas e o Livro dos números, bichos e flores. Iniciei a produção de dicas sobre leitura, literatura e contação de histórias. Foram 5 vídeos com os temas: Se liga no livro. Criança leitora não se deixa enganar.  Fantasia alimenta. Que história para contar. A literatura humaniza.

Começaram a pipocar as lives, afinal era a única forma de estar com as pessoas e transmitir conteúdos educacionais: O segredos da literatura, para o projeto de extensão UERN vai à Escola, desenvolvido pela Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. E, Como mediar a leitura literária em plataformas digitais, para a plataforma de leitura digital @arvoredelivros .

Maio e junho foi minha estreia no ensino virtual. A convite da Poiesis e da Oficinas Culturais do Estado de São Paulo realizei o curso Como contar histórias em tempos de quarentena

Junho

Foram produzidos 4 vídeos de dicas: A literatura acolhe. Histórias com alma. Benefícios da leitura. Efeitos e afetos das histórias. E iniciamos a série Lendas brasileiras. O público pode rever a produção realizada em 2002.  Para esse mês escolhemos os contos:  Cabra Cabriola, Comadre Florzinha, Iara e Bruxa.

A convite da Associação Viva e Deixe Viver participei da live Benefícios da contação de histórias para proteger a saúde mental das crianças.

Julho

Para julho 5 dicas: Contar com o coração. O contador de histórias se forma lendo. Sentido do pertencimento. Ler ou contar. Uma boa história torna o mundo habitávelContinuamos com a postagem da série Lendas brasileiras: Boitatá, Caipora, Mão de Cabelo, Lobisomem, Mapinguari.

Participei do projeto Territórios da leitura, de Fortaleza, com a live A Mediação de Leitura na Educação Remota. E de um segundo projeto, Trilhas literárias, da Biblioteca Pública de Pinhais com uma live sobre minha trajetória profissional.

Agosto

Foram 4 dicas no mês: Qualidade literária. Visualização, condição para encantar. Estou no ritmo? E depois de contar uma história, o que fazer? Mais 3 vídeos da série Lendas brasileiras: Pé de garrafa. Tutu Marambaia. Papa-figo.

Nesses últimos meses dedicamos uma parte do tempo produzindo conteúdo para os editais emergenciais lançados pela Fundação Cultural de Curitiba e pela Secretaria da Comunicação Social e Cultura do Paraná. Foram dois projetos selecionados na FCC: Edital FCC digital, com o  vídeo Cléo Busatto na contação de histórias - A conquista do fogo e no edital Aldir Blanc com o conto, Diário de um pandemônio. Na SECC fomos selecionados nos editais: Obras digitais, com o livro falado Histórias que eu gosto de contar e Cultura feita em casa, com o conto Elal, o criador dos Tehuelche. Também fui agraciada com o Prêmio Trajetória.

Setembro

Em setembro começamos a mostrar os resultados do projeto Coleção Os Minúsculos e para o lançamento gravamos 5 vídeos, que você poderá ver nas redes, com trecho dos 5 livros.

Participei de uma live para a PaperPão sobre o conteúdo do livro Como vender bem, a arte de se comunicar contando histórias.

Outra boa notícia que compartilho com vocês foi a captação de recursos para um novo projeto para 2021, Um lago, um menino e a lua, com o Grupo Potencial.

Outubro

Mês dedicado a Coleção Os Minúsculos. Dia 1ª foi a live de lançamento com a presença da Marta Morais da Costa, a interlocutora literária a quem chamo de editora e Verônica Fukuda, a ilustradora. 

Continuamos na produção agora com a divulgação das palestras que deveriam ter sidos realizadas presencialmente em 13 Núcleos Regionais de Educação do Paraná, em abril. Com autorização da Secretaria Especial da Cultura, elas foram transferidas para novembro, com realização virtual.

Produzimos 1 book trailer que ficou uma graça e vários posts com frases do livro. Assim os leitores puderam conhecer do que se trata a obra.,

Achei um tempo para participar da live com o Willian Soares, do grupo de contadores de histórias, de Juazeiro, BA, sobre minha caminhada pela narração oral.

Outra boa notícia: fechei a captação de recursos para o projeto Quatro histórias de amor para pequenos leitores. Grata, patrocinadores: Serra Verde Express e Celepar.

Novembro

Mês das palestras virtuais do projeto Os Minúsculos com o tema:  Como realizar a mediação através das plataformas digitais. Fechamos o projeto com alegria e encontramos um tempinho para produzir mais 3 dicas:  Entonação ou intenção? Intenção correta, imagem. Estude a história.

Também foi o mês que voltei a atenção ao livro Quatro histórias de amor para pequenos leitores. Daqui a pouquinho ele chega. Está lindo, com as ilustrações do Mateus Rios.

Dezembro

O final do ano estava chegando. O espírito do Natal começou a se fazer presente e, mesmo com o cansaço do ano, a exaustão intelectual e a resignação diante da pandemia seguimos adiante. Afinal, que podemos fazer diante desse inimigo implacável? Ficar em casa e inventar modas. E a moda do mês se transformou em 2 campanhas:

Natal com livros: essa campanha presenteou 1 livro para cada criança moradora das instituições: UAI Madre Antônia e Fundação Iniciativa. Com a doação dos leitores foram distribuídos 53 livros da minha autoria: A fofa do terceiro andar, Coleção Os Minúsculos e Histórias que eu gosto de contar.

A segunda moda foi a produção da série Contos de Natal. Para essa campanha produzimos 4 contos, que eu narrei dezenas de vezes em apresentações presenciais: A estrela de Natal, São Nicolau e o Papai Noel, Befana e o Nascimento do Menino.

E por fim, o presente de Papai Noel: concluímos o patrocínio do projeto Um lago, um menino e a lua com a Copel. Aos nossos patrocinadores: Copel e Grupo Potencial, gratidão pela confiança no nosso trabalho.

Acho que deu, né? Espero que 2020 tenha nos ensinado que a força e a coragem residem em nós e que o caminho espiritual é uma via segura para quando tudo vira trevas dentro de nós.

Que venha 2021!!!

 

Premonição

Arquivo do blog